Blog

Portos do Paraná já investiram mais de R$ 35 milhões em meio ambiente

Portos do Paraná já investiram mais de R$ 35 milhões em meio ambiente

A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), promove, em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho), uma série de atividades – denominadas Junho Verde – para mostrar os avanços obtidos, nos últimos anos, em termos de proteção ambiental. Nos últimos seis anos, foram investidos R$ 35 milhões em projetos e ações.

“Quando assumimos a gestão em 2011, o Porto operava sob liminar, sem licenciamento ambiental. Em 2010, foi embargado pelo Ibama, com uma autuação de mais de R$ 10 milhões. Hoje, temos mais de 30 licenças ambientais e, ao invés de pagarmos multas, investimos em prevenção e conservação do meio ambiente”, declarou o secretário da Infraestrutura e Logística, José Richa Filho.

OS MAIORES INVESTIMENTOS DA HISTÓRIA

Os recursos foram aplicados em estudos ambientais, étnicos e arqueológicos para novos licenciamentos, planos de emergência, centro de prontidão ambiental, saneamento e tratamento de efluentes, coleta e destinação de resíduos sólidos, monitoramentos de dragagens, controle de pragas e proliferação de vetores, varrição mecanizada de ruas e avenidas, recuperação de passivos ambientais, gerenciamento de emissões atmosféricas e de ruídos, gerenciamento de água de lastro do navios e monitoramento da qualidade das águas e dos sedimentos.

Além dos estudos, as demais atividades são permanentes e relatórios semestrais contendo os resultados são apresentados ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Entre os programas inéditos implementados pela Appa está o monitoramento da atividade pesqueira. O envolvimento dos pescadores na atividade está possibilitando monitorar e quantificar a pesca nas baías de Paranaguá e Antonina. Já o Programa de Avifauna – que identifica e acompanha as aves que habitam a região - auxilia a compreensão do processo de migração e manutenção da qualidade local para as aves litorâneas.

“Para a realização de todos estes programas e subprogramas na área ambiental, a Administração dos Portos investe ainda na contratação de profissionais e técnicos que atuam nas ações como condicionante do licenciamento ambiental do Ibama”, explica o diretor-presidente da Appa, Luiz Henrique Dividino.

Devido às ações e investimentos em meio ambiente, o Porto de Paranaguá saltou da 26.ª posição, em 2012, no Índice de Desempenho Ambiental da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), para a 3.ª colocação, em 2016, em qualidade de serviços ambientais.

Para 2017 e 2018, a Appa investirá outros R$ 32 milhões em meio ambiente para dar continuidade aos mais de 40 projetos e programas que estão em andamento e aprimoramento do trabalho que vem sendo realizado.

De acordo com o presidente, o conjunto de programas e ações ambientais compõe um sistema de gestão ambiental.

PORTO ESCOLA

A Appa chegou à marca de 6 mil crianças atendidas no Projeto Porto Escola, iniciado há dois anos. Os alunos do 5.º ano do Ensino Fundamental de escolas municipais têm a oportunidade de entrar no cais do Porto e acompanhar o funcionamento da operação portuária. Ainda este ano, serão recebidos ainda cerca de 2 mil estudantes de 29 escolas.

Os alunos também assistem a aulas sobre meio ambiente, animais nativos da região, história e função do Porto, segurança no trabalho, prevenção à dengue e dicas de segurança em ferrovias e ruas.

FONTE: Folha do Litoral

ubm white new

   Conectando pessoas e o mercado global

 

UBM: uma das maiores empresas do mundo em mídia de negócios

Nos mais de 30 países onde realiza seus eventos, a UBM constrói relacionamentos duradouros com especialistas e players do mercado e gera oportunidades que alavancam e fomentam o desenvolvimento da indústria local em âmbito global. Ler Mais

 

Filiada à     

 ubrafe branco

Newsletter

entrada invalida
entrada invalida
entrada invalida
entrada invalida