Notícias

Indústria naval prevê retomar o fôlego ainda em 2018

Em agosto, evento dedicado ao setor tem a missão de contribuir com novas estratégias voltadas para o reaquecimento do setor naval e offshore do País

Os preparativos já começaram para o principal evento da América do Sul dedicado aos setores da construção naval, manutenção e operações, a Marintec South America, que  chega à sua 15ª edição, em 2018, com o objetivo de propor o debate de soluções e definir diretrizes para reaquecer a atividade da indústria naval e offshore no Brasil e no continente sulamericano. O evento acontece de 14 a 16 de agosto, das 13 às 20 horas, no Centro de Convenções SulAmérica, Rio de Janeiro (RJ).     

A indústria naval brasileira prevê retomar o fôlego a partir da publicação de uma medida provisória pelo governo federal, o que deve acontecer até junho deste ano, que permitirá a destinação de recursos do Fundo da Marinha Mercante (FMM) para que a Marinha do Brasil encomende embarcações a estaleiros do país. De acordo com o Sinaval (SIndicato Nacional da Indústria da Construção e Reparação Naval e Offshore), há uma expectativa para a contratação de quatro corvetas e 20 navios patrulha. O FMM, do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, já financiou R$ 9,39 bilhões, de 2010 até hoje, para a construção de 27 embarcações de cabotagem. Atualmente, tem recursos investidos em seis embarcações dessa modalidade que estão em construção.

Outra sinalização positiva veio da Petrobras, em entrevista recente ao jornal O Globo, o diretor de desenvolvimento da produção e tecnologia da Petrobras, Hugo Repsold, apontou que a empresa considera contratar estaleiros nacionais para ter plataformas próprias. "Não estávamos tendo unidades próprias por uma questão financeira. Nossa meta é desalavancar (reduzir a dívida) a companhia, ter um bom fluxo de caixa ano que vem e então vamos voltar a fazer unidades próprias", disse Repsold.

Para fomentar a discussão e a interação entre toda a cadeia da indústria naval, a Marintec definiu uma programação para o ciclo de palestras que acontece durante o evento que abrange o cenário atual do setor de Oil & Gas; agronegócios, portos e terminais, políticas públicas, a situação dos estaleiros brasileiros, conteúdo local, gestão ambiental e o Novo Repetro, entre outros. Além de abordar o mercado e a sua dinâmica, a programação também tem uma vertente técnica, com seminários profissionalizantes e treinamentos exclusivos - todos com certificado - para capacitar e atualizar profissionais do setor.

 

Exposição -- Talvez uma das mais antigas feiras de negócios do setor naval, a Marintec é reconhecida por reunir um exclusivo grupo de empresas nacionais e internacionais e por oferecer um ambiente exclusivamente organizado para o networking entre armadores, estaleiros, fabricantes e fornecedores com a finalidade de gerar novas prospecções e negócios.

Este ano, o evento conta com mais de 80 marcas, de 10 países, representantes dos segmentos de sistemas mecânicos e auxiliares; construção naval, retrofit e manutenção; propulsão e sistema de manobra e curso; eletrônicos, comunicação e equipamentos especiais; plataforma e segurança; serviços marítimos; sistema de movimentação de carga e tecnologia offshore e marítima.

“A feira e todos os debates que o evento promove funcionam como uma plataforma de negócios para alavancar inovações e conectar a comunidade marítima do continente. O mercado vem se reestruturando em torno de uma diversificação do escopo de serviços oferecidos, o que mostra uma enorme capacidade de resiliência de todas as empresas”, diz o diretor do portfólio de Infraestrutura da UBM Brazil, Renan Joel.  

Man.U.Tec

Em paralelo à Marintec acontece a Man.U.Tec, feira de Manutenção e Utilidades Industriais, lançada em agosto do ano passado. O evento repercutiu positivamente entre os expositores da Marintec e o mercado em geral, que perceberam uma oportunidade mais ampla de geração de negócios durante o encontro.

Idealizada para atender a demanda das empresas por produtividade e eficiência, a Man.U.Tec abre espaço junto a Marintec para a cadeia de fornecedores de peças, suprimentos, tecnologia e soluções industriais capazes de dar suporte a todos os tipos de produção, oferecendo o que há de mais moderno para a gestão de água, resíduos, energia, além dos todas as vertentes da manutenção em plantas industriais.

 

Fonte: Conteúdo Empresarial

ubm white new

   Conectando pessoas e o mercado global

 

UBM: uma das maiores empresas do mundo em mídia de negócios

Nos mais de 30 países onde realiza seus eventos, a UBM constrói relacionamentos duradouros com especialistas e players do mercado e gera oportunidades que alavancam e fomentam o desenvolvimento da indústria local em âmbito global. Ler Mais

 

Filiada à     

 ubrafe branco

Newsletter

entrada invalida
entrada invalida
entrada invalida
entrada invalida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida